Entre Bemóis e Sustenidos, suspiros idos.








11 de mai de 2012

Exercício da manhã

Calçada petit-pavé branco e preto
minimalista: cada prédio se veste.
É sépia cada cheiro de água.

Lança-se o marrom
da pedra cuspideira pisada.
Pés azuis enferrujados.

E como cada nuvem gelo se abraça no horizonte

O ônibus cinza; amarelo; avermelhado
gelado tosse vapor
branca a fumaça de um cigarro.

Nuba-se a vista: o pó do sono.
O dia é a noite ao despertar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário